Alinhamento de Sistemas

Tempo de leitura: 12 minutos

O que você entende por Alinhamento de Sistemas?

Quando comecei no áudio, eu acreditava que um alinhamento de sistemas era um PA no qual eu conseguia ligar o microfone, falar nele e não ter a realimentação.

Isto mesmo, achava que não ter microfonias era resultado de um belo alinhamento de sistema.

Menino chato estudando

Com muitas pesquisas, muitas perguntas e ouvindo muitas vezes: lá vem aquele moleque chato fazer questionamento… que eu comecei a entender que o alinhamento de um sistema não era nada do que eu pensava.

E para ajudar quem está começando, resolvi escrever superficialmente este artigo e assim despertar o interesse em um estudo mais profundo.

Quando digo superficialmente, não quero dizer que a publicação seja sem qualidade, pelo contrário.

O conteúdo de alinhamento de sistemas é muito extenso e não foi fácil conseguir resumir  de forma simples e de entendimento fácil.

Onde começa o Alinhamento de Sistemas

Construção de caixa de som
Existem muitas caixas de som, mas poucos fabricantes preocupados com o melhor resultado.

O alinhamento de sistema começa antes mesmo das caixas serem montadas.

Começa em ter em mãos as configurações indicadas pelo fabricante dos equipamentos, para não ficar tentando adivinhar e colocando o equipamento em risco.

Com as informações do processamento indicado pelo fabricante, você já tem um norte para saber quais cortes e configurações o equipamento responderá melhor.

Sem isto, você terá que fazer muitos testes para ter em bom rendimento.

O alinhamento de sistemas e a resposta linear

Transfer no Smaart de uma QSC K10
Medições feitas em uma caixa da QSC do K10.

Eu aprendi que um sistema com maior equilíbrio entre as frequências, ou seja, uma resposta mais plana, responde bem para todos os programas musicais.

Esta resposta, próxima de linear, auxilia em criar um padrão sonoro.

Por exemplo: uma banda que fez um show ontem, com um sistema também alinhado desta forma, hoje consegue fazer um show com sonoridade bem parecida, em outro sistema, por causa deste padrão.

Se cada sistema soar com uma resposta muito diferente do outro, em um lugar excessos e em outro faltando algumas frequências, imagina como seria difícil preparar para a apresentação?

O alinhamento de sistemas e as montagens

[IMAGEM DO CROSSOVER]

O alinhamento do sistema não é somente definir onde começa e termina as vias de Grave, Médio e Agudo.

Vai além e muito além de cortes, já que existem vários outros processos para ganhar rendimento no sistema.

Um destes processos é na definição dos equipamentos que serão usados para o local.

Uma caixa não pode ser posicionada pensando somente na questão estética. Não é: Vou pendurar e vai ficar bonito, parecendo o Rock in Rio.

Somente empilhar ou pendurar pode causar diferenças de tempo na projeção do áudio.

O desenho do sistema

Sistema do rock in rio
Dá pra ter uma decoração extremamente bonita e sem estragar o som.

Percebeu que a decoração do Rock in Rio fica por trás das caixas?

Dá pra ter uma decoração muito bonita, sem que o sistema de som esteja montado no lugar errado ou de forma errada.

Às vezes, entendo que tem muitos decoradores que ficam indignados e com razão. Tem muito trambolho pendurado ou empilhado de qualquer forma.

Um monte de fiação mal organizada por definições erradas. É importante entender que é preciso pensar no sistema inteiro e não individualmente nas caixas.

Muitas vezes, a angulação errada de uma caixa pode causar esta diferença de fase e todas as outras caixas do sistema entrarem em conflito (cancelamento).

Por isto, é muito comum estar ouvindo uma sonoridade em um ponto e a dois passos ter outra totalmente diferente. Às vezes faltando e outras tendo excessos.

Otimização do sistema

Posicionamento, montagem e angulação do sistema
Exemplo de uma distribuição coerente e com todo público recebendo nível similar.

Entendeu o por quê de ser tão importante ajustar o tempo, polaridade e angulação entre componentes? Quanto mais coerente estiver o sistema, menos problemas vai ter.

E muitas vezes, você até pensa que tem um sistema equilibrado, pois ajustou certinho todos os componentes. Mas se não ajustou aquele conjunto de caixas (fonte sonora) com outro conjunto.

O PA chega depois do front, o avanço chega antes do PA, o camarote chega primeiro que o sistema principal… Até o conjunto de sub chega antes ou depois dos demais conjuntos.

Sozinho cada fonte sonora fica linda, mas tudo junto fica estranho, com frequências que parecem sumindo.

Se aplicar os filtros de equalização não corrige problemas de construção da caixas, corrigir montagem de um monte de fontes é a mesma coisa, não é eficaz.

Eu sei, talvez você fale que já equalizou e soou melhor. Eu também já fiz várias vezes.

Contudo, se eu passasse maquiagem, talvez eu ficasse mais bonito, mais atraente, mas não tem como, eu não sou aquela beleza toda e enganar com maquiagem não vai resolver este problema.

Com certeza, equalizar vai fazer o sentido de auxiliar o equipamento. Ele até vai responder de forma mais plana, mas seria muito melhor se a correção fosse física, na construção, montagem e por último alguns retoques.

Pois é mais importante tirar os excessos, que excitar áreas onde poderá não responder corretamente.

Cobertura do sistema

Platéia do réveillon em Fortaleza
Cobertura do sistema de som no réveillon de Fortaleza 2016/2017

Quanto menos coerente o sistema está, menos ele vai responder. Se forçado, vai queimar componentes.

Não adianta achar que limitar o sistema vai resolver. É preciso ter coerência em todas as fontes sonoras: PA, delays, fronts, center, sides, outs fill…

Ou você acha que se falar em um microfone, lá na House Mix, conseguirá corrigir tudo e todas as vias, que foi falado acima?

Se sim, resolvido! Mas eu acho que conseguirá um resultado melhor, se sair da house e ir ouvir em cada canto que existir plateia.

Estando onde o público ouve, vai saber o que eles ouvem. Eu, estando na mesa de som, não tenho ouvidos pra ouvir igual se eu tiver a um metro do front. Quanto mais distante da caixa, menos energia chega e menos iremos perceber.

Isto lembra muito operador de monitor, o quanto ele sofre indo e voltando na frente do monitor pra corrigir. Pois quando ele passa sem conferir, ou tira frequência demais ou sempre fica algo em excesso.

Não é só sonoridade ou tempo. Você precisa corrigir volumes entre as fontes sonoras, pra que a imagem sonora não fique confusa em relação a imagem visual.

É muito ruim ter uma atração no palco e o som parecendo vir pelas costas ou lateral da plateia.

É importante lembrar que quem está no fundo, ou lateral do espaço, tem o mesmo direito de ouvir igual a quem está na frente da house mix.

 

Como e onde medir o sistema?

Montagem de arranjo em arco
Arranjo de subgrave, tirando energia do palco e aproveitando melhor a energia pela frente.

E se você tem facilidade e conhecimento pra usar ferramentas, te sugiro medir como eu faço.

Analise primeiramente próximo da fonte sonora, pra entender como cada caixa funciona, se possível, componente a componente. E só depois faça a medição de todos os componentes juntos.

Assim, vai saber como cada caixa fala. Capture a medição, compare outras caixas, medindo no mesmo lugar. Tenha a certeza que todos componentes falam iguais.

Depois faça a medição do grupo todo, medindo o comportamento de todas as caixas juntos. Repita o mesmo pra cada conjunto de caixas (fontes sonoras). Se puder deixar todas com sonoridade e nível parecidos, melhor será o resultado.

Como assim, Tiago?

Se todas as fontes sonoras estão com sonoridade e nível parecidas, isto quer dizer que em todos os locais que estas fontes vão cobrir, elas estarão parecidas. O que tocar em um local, vai estar parecido em qualquer outro local.

E sobre qual ferramenta de medição usar, existem várias disponíveis no mercado, encontre a que você domine mais.

E se eu chegar no sistema e este já estiver montado?

Ferramenta de medição para alinhamento
Tome cuidado com as reflexões e decaimento natural do sistema.

Aí, no meu entender, não será um alinhamento de sistemas eficaz.

Poderá tentar conseguir um resultado melhor, num sistema já montado, mas terá que lembrar sempre: ao medir um sistema assim, não saberá como é o resultado de um só componente.

Estará medindo todos os componentes juntos, isto pode causar equívocos na decisão. Ainda mais, com a queda natural do sistema e também a soma das reflexões.

Sabendo disto, te sugiro medir perto da caixa, no meio de onde ela vai cobrir e mais distante. Pra saber como é o comportamento a curta, média e longa distância.

Se o sistema não houver uma cobertura coerente, em todo ambiente, isso também te ajudará na decisão. Infelizmente, terá que sacrificar onde tem menos público, para priorizar a sonoridade onde tem mais.

Detesto ter dito isto, pois gostaria que priorizasse o melhor pra todos, mas nesta situação de não ter como medir corretamente, priorize a maioria do público.

Ahh! Antes que eu esqueça, só depois de corrigir o sinal individual das fontes, é que devemos medir o sinal como todo.

Lembrando que você terá um comparativo mais limpo, quando mede primeiro uma fonte sonora, depois a outra e só por último com tudo junto.

E se lembre, também, que terá influencia de vários fatores, incluindo acústica, temperatura e umidade do ambiente.

Saber a temperatura e umidade do local, vai ajudar corrigir de forma mais precisa os tempo de delay nos processamentos.

Só dá pra alinhar com ferramentas?

Medindo com Smaart v8
Smaart v8 e suas poderosas abas

As ferramentas sempre serão ferramentas e viemos de fábrica com a melhor delas: nossa audição.

Se o que ouvir não estiver agradável, então falta corrigir algo.

O computador, software, placa ou microfone só vão te mostrar informações de uma forma mais precisa. No fim é você quem vai decidir o que deve ser feito.

Se ainda não tem costume no manuseio destas ferramentas, não fique constrangido, isto facilmente é resolvido.

Faça medições sempre, mesmo que o resultado esteja ruim. Quanto mais contato com a ferramenta, mais fácil vai ser identificar o que tem que ser feito pra ter resultados satisfatórios ou não.

Não adianta gastar muito dinheiro com compra ou cursos delas e não usar.

Só vai aprender colocando em prática. E sempre terá que colocar os ouvidos como juiz da decisão final do que fazer.

Cuidados com a principal ferramenta de medição

Exame na cabine de audiometria
Cabine para realização de audiometria

Lembrando que a decisão vem pela forma com que você está acostumado a ouvir. Então, o que você tem feito pra cuidar da principal ferramenta de alinhamento?

Vou te dizer o que eu tenho feito pra cuidar dos meus ouvidos.

Regularmente faço o exame de audiometria. Neste exame fico sabendo se estão cansados, se estão ouvindo todas as frequências certinho e onde tem alguma perda.

Também não fico ouvindo músicas, por muito tempo, em equipamentos de baixa qualidade. Os fones, caixas de som e qualquer outro aparelho que não responda todas as frequências, com qualidade, tendem nos acostumar de forma errada.

O que quero dizer é que se você ficar ouvindo muitas vezes, e por muito tempo, uma fonte sonora ruim, vai acostumar com uma referência ruim.

Se ficar acostumado ouvir com muito grave, ao chegar num sistema com resposta equilibrada, vai sentir falta de grave. E o mesmo para as outras frequências.

Assim também acontece com o tipo de música. Se acostumar ouvir músicas com gravações ruins, vai tender querer o resultado do sistema com esta sonoridade precária.

Tome cuidado com suas referências.

Isto é uma republicação

A primeira versão, deste texto, eu escrevi para o site Audio Reporter. E depois de um tempo, fiz modificações republicando aqui.

A publicação lá ficou bem antiga.

Já foram várias atualizações que inseri no texto inicial, adicionando mais conteúdos e links para publicações mais específicas e completas.

E aqui chegamos ao fim. Espero que este texto ajude, você que está começando, ter uma direção em Alinhamento de Sistemas.

Gostou? Então deixa um comentário, ele é muito importante para que eu possa fazer melhor nos próximos textos. Ahhh!!!! Aproveita e compartilha nos botões das redes sociais no começo desta publicação.

Comente com sua conta do Facebook:

Comentários:

  • danoninho

    Estpu lendo todos hem kkkkk ta massa

  • danoninho

    Estou*

  • Marcelo vitor

    Daqui uns dias vaou marcar uma consultoria com vc pra alinhar meu sistema, só falta os cases ficarem prontos.

  • Targe

    Quais os programas e como consegui-las ! Muito bom !

    • Tiago.Borges

      SatLive, Smaart, SpectraLab e tantos outros são as ferramentas de medição mais conhecidas.

      • Tiago Marinho

        Parabéns cara!

    • sergio nicolis

      Muito bom texto, um bom som depende primordialmente de um correto alinhamento, dele parte todo o trabalho de captação e mixagem do técnico, consequentemente o sucesso doa apresentação.

  • Danilo Santana

    Tiago você poderia fazer um tutorial de utilização do Smaart e SpectraLab por exemplo, você pode demonstrar como calibrar o smaart e outras funcionalidades.

    • Giovane Celico dos Reis Paes De Sousa

      Parabéns

  • Dj Garam

    Parabéns Muito Obrigado

  • Rafael

    Boa tarde Tiago. Tenho um CD de teste do Sólon do Valle, um microfone ecm-8000 e uma x32. Estou tentando fazer as medições no PA da igreja, mas estou com dificuldades em saber quais níveis devo obter e como fazer isso. Por exemplo, as faixas no cd foram gravadas em -10dB. Qual nível devo obter com o microfone na frente da caixa? qual distancia? Na mesa, qual o nível do ganho e o nível de entrada?

  • técnico de som rubao

    Tiago suas dicas para a x32 foram de grande ajuda passeia apreciar mais o conteúdo da mesma sendo que ela tem um ótimo resultado na sua totalidade, obrigado um abraço

    • Lauro bueno

      Qual um programa bom para androind 5.02

      • Tiago.Borges

        Para alinhamento?

  • james

    Tenho um equipamento para medição de som uma caixa preta pequena e 03 microfones e um cd de instalação do software.
    Quanto voce acha que consigo vender ??

    Grato.

  • Parabéns meu querido tenho orgulho de ser seu amigo pois você não pensa no individual e sim no coletivo cada vez mais são melhores seus testo e práticos que Deus te ilumine sempre

  • Blog bem interessante gosto muito mexer com áudio porém n sei muita coisa tenho muita dúvida aprendi pouco.com um grande técnico sonoplata #pancasom
    Gostaria muito de uma ajuda porém se vc poder me ajudar chama no watsapp 8896051914

  • Valmir

    Excelente texto. Quais software poderia usar para o alinhamento de pa?

  • Heriberto Gurgel

    Gostei muito Thiago. Na espera de mais texto. O americano falA DEUS abençoe a América, eu falo que DEUS abençoe Thiago Borges kkkkk

    • Tiago.Borges

      Agradeço muito o carinho!!!

  • THIAGO BRAZ

    Show de bola Tiago, estou iniciando como vc citou, buscando muito material pra estudar, e seu post somou muito, continue por favor, precisamos de mais apoio como o seu, apoio dos feras do audio, pra que consigamos tbm chegar la…

  • Anderson Rocha

    Muito bom Tiago. Obrigado por compartilhar

  • Junior Sulsel

    Espetacular Tiago. Gosto Quando o Conhecimento de um Único Compartilha com um Todo. Parabéns pela Explicação…

  • Nelson Souza

    Obrigado por compartilhar! São preciosidades que agrega muitos valores! God Bless You!

  • rodrigo

    muito bom para o inciante e maravilhoso o texto

  • Joseilton José Da Silva Bidu S

    tenho duas sub graves para cada lado do sistema, é um sitema compacto tá, e as duas caixas que uso para cada lado, os alto falantes fica 40 citimetros para as costas da caixa, e 50 cetimetros da frente, é uma caixa tipo canhão, bate pra frente, ok , com devo alinhar elas com os médios que fica no liny array ? colocando mais pra frente, deixando-os igual na linha das de médios de cima , estou certo ou não, mande ai pra mim por favor o modo correto como usar, valeuuuu blzz brigadãooo
    obs : os falantes são de 18 pol..

    • Não quero complicar a resposta, te falando pra usar softwares de medições e nem te dizer que tem que comprar microfones, placas e outras ferramentas. Claro que o resultado seria mais preciso quando usamos aparelhos que nos ajude visualizar resultados que só o ouvido não alcança.

      Te falando de uma forma muito simples, se conseguir colocar embaixo, ou quase embaixo, das caixas de alta, já está chegando a um resultado melhor que se ficasse muito ao fundo ou muito a frente.

      Sobre o ponto de atraso, se tiver um processador, pode gerar este atraso (delay) de forma que os dois saiam no mesmo tempo, ou seja, o som do sub sai no mesmo tempo da alta. De ouvido, vai sentir quando tem soma na região entre as caixas de alta e sub (no corte do processador).

      Agora se usa um crossover, não se esquente muito com isto não, a limitação do recurso as vezes faz piorar se mexer que melhorar.

      Tenha sempre em mente que o alinhamento de sistemas é a tentativa de conseguir o melhor resultado, se já estiver alcançando isto, pode comemorar.

      Caso queira se aprofundar, em breve estarei colocando mais conteúdo.

  • Pingback: ()

  • Milson

    Tiago,tem como Eu melhorar a equalização do ambiente,usando o ruído Rosa e captando o som das caixas com o microfone ECM 8000 da Behringer e fazendo a correção no equalizador gráfico?

    • Este procedimento é bem parecido ao que fazemos com software. Nele, verificamos a diferença do audio enviado para as caixas e o audio recebido no microfone, aí corrigimos. Mas fazer isto no ouvido, nunca fiz.

  • Pingback: ()