Dan Dugan Automixer trabalha pra você ficar livre

Tempo de leitura: 5 minutos

O Dan Dugan Automixer foi feito para controlar microfones. E se você trabalha com vários microfones, sabe como é difícil ter bons resultados com todos aberto.

Com ele, seu trabalho ficou muito mais fácil.

Como funciona o Dan Dugan Automixer?

Dugan System

A mixagem automática, ou automix, feito por Dan Dugan é um gerenciador de canais.

É um processo em tempo real, como se fosse um profissional pilotando.

É diferente de gate, pois deixa soar de forma muito natural quando reduz e destaca os canais que estão falando.

O maior problema no gate é que ele não consegue ser preciso, para encontrar níveis baixo e alto, automaticamente no mesmo canal.

Piorando mais ainda se a sala for barulhenta, pois o ruído de fundo atrapalha esta precisão no gate.

Aí, talvez você questione dizendo que o expander é mais natural, reduzindo sempre que ficar abaixo do limiar e expandindo quando fica acima.

E realmente concordo que o expander seja mais natural. Mas ele também passa o mesmo problema de automação que o gate.

Com Dugan, não precisaríamos ficar corrigindo o limiar (threshold) sempre que este nível de voz alterar.

O cuidado com as microfonias

My16-Dugan

Usar um compressor geral para segurar os limites em um subgrupo é algo muito comum quando temos vários canais de voz. Já com automixer, do Dan Dugan, isto não é necessário.

Imagine três vozes e alguém falando mais alto. Um compressor, no grupo, seguraria tudo e continuaria um canal acima dos outros.

O Dan Dugan pensou neste processo e a automatização mantém todos em níveis próximos, para que não seja desproporcional e seja um diálogo dentro de níveis sadios.

Outra coisa é com a microfonia, se ele controla deixando tudo dentro dos níveis. Retrocede o sistema, quando necessário, para evitar o feedback ou captação excessiva de ruídos.

Como ele controla os níveis automaticamente, a reação é muito rápida para mudanças no ganho dos canais de entrada.

Mantém uma ilusão de que nenhum problema está acontecendo, mesmo trabalhando em condições bem difíceis.

Afinal, esta é a obrigação dele, passar tranquilidade aos usuários e trabalhar para que o operador fique livre para monitorar.

Exemplos de uso

Exemplo de uso Dan Dugan

Esta imagem acima é excelente pra ilustrar o uso do Dan Dugan Automixer, pois ela demonstra situação real com vários microfones.

Isto nos lembra uma sala de reunião, um tribunal, banca examinadora, teatro, eventos corporativos… inúmeras aplicações ao vivo.

Em uma tribuna, onde temos um presidente, muitas vezes ele precisa colocar ordem na reunião e com o controle de peso, definimos isto.

O controle de peso (weight) é onde definimos qual microfone tem prioridades em relação aos outros.

Mesmo que o usuário principal tenha uma voz mais branda, e os outros participantes estejam mais ativos, o controle de peso vai segurar os outros e dar prioridade ao principal.

A aplicação é muito rápida, só de inserir e ligar o Dan Dugan Automixer nos canais e levantar os faders, já está valendo.

Os faders podem ficar em 0dB que a mixagem automática faz todo processo. Porém, se o operador sentir necessidade de interagir com a mixagem, ele pode modificar os faders, ou gerenciar o processamento adicional, na hora que quiser.

Conheça mais sobre o senhor Dan Dugan

O velho Dan Dugan

Como resultado de seis anos de trabalho, Dan Dugan encontrou uma solução elegante para todos esses problemas. Um processo patenteado que ele chamou de Dugan Speech System.

Dugan começou a fabricar seu misturador Dugan System Model A em 1971. Com equipamentos projetados para um tipo de aplicação de sistema fixo.

Em 1993, acabou sua patente. Livre de obrigações contratuais, ele trouxe a aplicação para o mundo profissional de mixagem ao vivo.

Isto deu ao operador a possibilidade de usar recursos adicionais de processamento (equalização, dinâmicos, efeitos, inserts…) ao automixer.

Yamaha com mixagem automática Dan Dugan

Dugan-MY16

Nos consoles mais atuais da Yamaha, a mixagem automática Dan Dugan está presente no sistema operacional.

Nos modelos CL, QL e TF é possível usar este processador de mixagem automática sem ter que adicionar placa externa.

Se você não está achando em sua mesa, possivelmente ela está desatualizada.

E para os modelos mais antigos, como PM5D, DSP5D, M7CL, LS9, DM2000, DM1000, 02R96 e 01V96, é necessário o uso com a placa Dugan-MY16.

Faça a inserção nos canais e controle através do acesso remoto via computador ou iPad.

Mas não esqueça de estar com os equipamentos com sistema atualizado.

Dugan Automixer

Também existe uma versão do Dugan Automixer em plugin. Este pode ser utilizado em mixagens no estúdio ou em mesas de som que não são da Yamaha.

Lista VIP

Logo abaixo tem um formulário para que entre em minha Lista VIP.

Cadastre-se para entrar agora mesmo e receber o meu melhor conteúdo, em seu e-mail, toda semana e gratuitamente. São conteúdos extras e exclusivos.

Ou se quiser, use a página entre agora para minha Lista VIP.

E se gostou desta publicação, já deixa um comentário. Ele é muito importante para que eu possa fazer melhor nos próximos textos.

Ahhh!!!! Aproveita e compartilha nos botões das redes sociais no começo desta publicação.

Comente com sua conta do Facebook:

Comentários: